Busca

Micro Estórias

Micro na escrita. Macro na imaginação.

Categoria

Humor

Epílogo (Jorge Santos)

Logo a seguir ao alvorecer, ele apagou o lampião, franziu o supercílio, chupou avidamente a polpa de uma manga e sucumbiu ao veneno da tarântula que, entretanto, o picara no dedo grande do pé direito. Depois de uma vida inteira... Continue lendo →

Anúncios

Epístola (Alessandro Krimer)

Com boa caligrafia desde muito nova, Rosa copiava sem cessar a mesma frase dita há tanto tempo: “Não te quero mais!”. Na época foi tempestade que envolveu toda a aristocracia. Hoje, na biblioteca do hospício, uma e outra traça discutem... Continue lendo →

Máscara (Alessandro Krimer)

Fazia o tipo "safo". Gostava de ser chamado Leão. Mas na verdade, era só uma borra de macho. Meia-colher, como dizem. Num dia, emparedado pela polícia, confessou o apelido: Batata. Notícia correu no bairro. Leão virou purê na boca da... Continue lendo →

O velho piano (Victor O. de Faria)

Aquele era um boteco estranho. No lugar de uma mesa de bilhar, havia um piano, velho, cansado, sem uso. Seu Manoel gostava de explicar aos clientes, em detalhes, a história trazida por aquela relíquia. Um conto que envolvia um perfume,... Continue lendo →

Antropologia (Jefferson Lemos)

O homem moderno se via como um estranho vagueando por aquelas galerias. Cada quadro, cada moldura, as cores... Tudo parecia tão vivo, e ao mesmo tempo tão sem sentido... Sentou-se, contemplou a razão de sua própria existência, pegou o celular... Continue lendo →

Sem saída (Claudia Roberta Angst)

Enquanto lá fora o espírito carnavalesco contagiava a todos, Márcio isolava-se. Em sua residência, saboreava a requintada sobremesa e olhava os quadros preciosos na parede. Era só felicidade até sua filha Maria Eduarda passar cantarolando um funk.

Jeitinho (Victor O. de Faria)

No intuito de reverter a situação sorumbática em que se encontravam, fez-se necessário recorrer a um referendo que encerrasse a oclusão do novo projeto de via transdobra entre a Via Láctea e Andrômeda. Os visitantes recém descobertos, de aparência exótica,... Continue lendo →

WordPress.com.

Acima ↑